Todos contra o tráfico de pessoas – Tráfico de pessoas: violação dos direitos humanos 
Entre em contato

terça-feira, 09 de julho

Tráfico de pessoas: violação dos direitos humanos

Paz1_iStockPhoto_Small

Mais de 2 milhões de pessoas são vítimas do tráfico humano a cada ano.

Thinkstock_104654224

A maioria das vítimas é composta por mulheres, crianças e adolescentes.

violencia_istockphoto

Denuncie!

O tráfico humano faz mais de 2 milhões de vítimas a cada ano.

 

Há anos, o tráfico de pessoas acontece, sendo este também uma forma de escravidão. Esta prática ocorre, principalmente por ser um negócio extremamente lucrativo. Segundo estimativas globais da Organização das Nações Unidas – ONU, apenas o tráfico internacional de mulheres e crianças movimenta, anualmente, de US$ 7 bilhões a US$ 9 bilhões. Mais de 2 milhões de pessoas são vítimas do tráfico humano a cada ano; desse valor, 85% provêm da exploração sexual.

No Brasil, o fato ganhou repercussão, sobretudo através da novela “Salve Jorge”, exibida pela Rede Globo de Televisão. A trama mostrava mulheres e alguns homens que, em busca de melhores condições de trabalho e até mesmo de vida, aceitavam emprego na Turquia. Ao chegarem ao suposto local de trabalho, descobriam que se tratava de escravidão sexual.

Assim como na ficção, é bastante comum o aliciamento de pessoas através da oferta de trabalho. A maioria das vítimas é composta por mulheres, crianças e adolescentes. Normalmente essas vítimas são obrigadas a realizar atividades forçadas, como prostituição, serviços braçais, domésticos ou em fábricas, dentre outros, com baixa ou nenhuma remuneração. Além disso, algumas ainda têm seus órgãos removidos e comercializados. Todo esse processo é cercado de ameaças físicas e psicológicas, colocando em risco a vida dos traficados e de seus familiares. Vale lembrar que as penalidades para todos os tipos de tráfico estão previstas no Código Penal Brasileiro.

Direitos humanos

Conforme informações da Organização Internacional do Trabalho, o tráfico de pessoas caracteriza a naturalização de desigualdades e violações dos direitos humanos, principalmente das mulheres. Entretanto, o tráfico de pessoas diminui a humanidade de outrem, transforma vítimas em não humanos, não detentores de direitos e não iguais.

Entenda melhor! Confira na íntegra o Manual da organização, “Cidadania Direitos Humanos e Tráfico Humano”.

Ivete Sangalo

A cantora baiana, Ivete Sangalo, foi nomeada pela ONU embaixadora da Boa Vontade no combate ao tráfico humano no Brasil. A nomeação foi feita no Distrito Federal, durante o lançamento da Campanha Coração Azul de combate ao tráfico de pessoas, em 23 de maio. Este evento foi promovido pelo Ministério da Justiça, pela Rede Globo, pelas organizações da sociedade civil e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC). Assista ao vídeo da campanha – clique aqui.

Como buscar ajuda para as pessoas em situação de tráfico humano?

Entre em contato com os seguintes órgãos:


Veja também:

Fonte: http://www.portaleducarbrasil.com.br

Tráfico de pessoas: violação dos direitos humanos

Paz1_iStockPhoto_Small

Mais de 2 milhões de pessoas são vítimas do tráfico humano a cada ano.

Thinkstock_104654224

A maioria das vítimas é composta por mulheres, crianças e adolescentes.

violencia_istockphoto

Denuncie!

Seja o primeiro a votar

Queremos
sua opinia~o
1 2 3 4 5
Recomende esta reportagem
Boto´n Recomendar

 

O tráfico humano faz mais de 2 milhões de vítimas a cada ano.

Há anos, o tráfico de pessoas acontece, sendo este também uma forma de escravidão. Esta prática ocorre, principalmente por ser um negócio extremamente lucrativo. Segundo estimativas globais da Organização das Nações Unidas – ONU, apenas o tráfico internacional de mulheres e crianças movimenta, anualmente, de US$ 7 bilhões a US$ 9 bilhões. Mais de 2 milhões de pessoas são vítimas do tráfico humano a cada ano; desse valor, 85% provêm da exploração sexual.

No Brasil, o fato ganhou repercussão, sobretudo através da novela “Salve Jorge”, exibida pela Rede Globo de Televisão. A trama mostrava mulheres e alguns homens que, em busca de melhores condições de trabalho e até mesmo de vida, aceitavam emprego na Turquia. Ao chegarem ao suposto local de trabalho, descobriam que se tratava de escravidão sexual.

Assim como na ficção, é bastante comum o aliciamento de pessoas através da oferta de trabalho. A maioria das vítimas é composta por mulheres, crianças e adolescentes. Normalmente essas vítimas são obrigadas a realizar atividades forçadas, como prostituição, serviços braçais, domésticos ou em fábricas, dentre outros, com baixa ou nenhuma remuneração. Além disso, algumas ainda têm seus órgãos removidos e comercializados. Todo esse processo é cercado de ameaças físicas e psicológicas, colocando em risco a vida dos traficados e de seus familiares. Vale lembrar que as penalidades para todos os tipos de tráfico estão previstas no Código Penal Brasileiro.

Direitos humanos

Conforme informações da Organização Internacional do Trabalho, o tráfico de pessoas caracteriza a naturalização de desigualdades e violações dos direitos humanos, principalmente das mulheres. Entretanto, o tráfico de pessoas diminui a humanidade de outrem, transforma vítimas em não humanos, não detentores de direitos e não iguais.

Entenda melhor! Confira na íntegra o Manual da organização, “Cidadania Direitos Humanos e Tráfico Humano”.

Ivete Sangalo

A cantora baiana, Ivete Sangalo, foi nomeada pela ONU embaixadora da Boa Vontade no combate ao tráfico humano no Brasil. A nomeação foi feita no Distrito Federal, durante o lançamento da Campanha Coração Azul de combate ao tráfico de pessoas, em 23 de maio. Este evento foi promovido pelo Ministério da Justiça, pela Rede Globo, pelas organizações da sociedade civil e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC). Assista ao vídeo da campanha – clique aqui.

Como buscar ajuda para as pessoas em situação de tráfico humano?

Entre em contato com os seguintes órgãos:


Veja também:



Webdesigner - Heldson Luiz da Silva
Jornalista - Cindhi Belafonte