Todos contra o tráfico de pessoas 
Entre em contato
terça-feira 29 de julho de 2014

// Notícias

Cristo Redentor é iluminado de azul em campanha contra o tráfico de pessoas

O Cristo Redentor ganhou uma iluminação azul como forma de marcar a campanha Coração Azul, contra o tráfico de pessoas, desenvolvida pelo ONU (Vladimir Platonow/Agência Brasil)

O Cristo Redentor ganhou uma iluminação azul na noite de hoje (28), como forma de marcar a campanha Coração Azul, contra o tráfico de pessoas, desenvolvida pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc) em vários países.

Relatório lançado pelo governo brasileiro, com dados de 2012, mostra que 547 casos de tráfico de pessoas para trabalho análogo à escravidão ou exploração sexual foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em operações pelo país. O número é ainda maior, se forem consideradas outras bases de dados oficiais.

A campanha foi lançada no Cristo Redentor pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que ressaltou o aumento das notificações relativas aos delitos. “Isto mostra que está havendo uma conscientização maior de vítimas ou pessoas que sabem da existência desse crime, no desejo de informar às autoridades, o que tem permitido mais ações. Mas ainda há muito a fazer, pois sabemos que o universo de pessoas vítimas desse crime é muito maior, então precisamos nos esforçar e unir cada vez mais em relação a isso”, destacou Cardozo.

// Vídeos

Campanha contra o tráfico de pessoas é realizada no Rio

As principais vítimas desse tipo de crime são mulheres que recebem convite para trabalhar no exterior.

VÍDEO

// World-news

Novo Caso de Tráfico de Órgãos Humanos na Zambézia: Dois Detidos e Um Baleado Amputaram Genitais a Criança de 12 Anos

clubofmozambique

Um menor de 12 anos de idade, natural e residente do recém-criado distrito de Mulumbo, cerca de 100 km da vila de Milange, viu os seus órgãos genitais serem extraídos por três indivíduos dos quais dois foram detidos e um baleado mortalmente quando tentava escapulir-se da Polícia da República de Moçambique naquela região.
O caso aconteceu neste final de semana naquele ponto da província, quando este indivíduo empunhando uma faca, sem dó nem piedade, extraiu os órgãos genitais desta criança que frequenta a 5a classe numa das escolas daquele distrito.

Conforme explicou a vítima, os praticantes deste crime tê-loão chamado ao rio, sobretudo o senhor Manuel Salvador residente naquela vila, a mando do seu pai, para indicar um local onde se vende bebidas alcoólicas. Ernesto (a vítima), contou ainda que, enquanto ia com o senhor Salvador, este o agarrou os braços e depois o deixou cair. Minutos depois, lembra a vítima que viu uma faca nas mãos do agressor e dai cortou-lhe os órgãos genitais e desapareceu.


Webdesigner - Heldson Luiz da Silva
Jornalista - Cindhi Belafonte