Todos contra o tráfico de pessoas 
Entre em contato
quarta-feira 17 de setembro de 2014

// Notícias

Repórter Brasil atualiza base de dados interativa sobre trabalho escravo

Infográfico permite filtrar casos de trabalho escravo dos últimos 18 anos no Brasil; clique na imagem para consultar

A ONG Repórter Brasil atualizou um sistema aberto para consulta sobre os flagrantes de exploração de trabalhadores em condições análogas às de escravos já registrados pelo poder público no Brasil. O mecanismo foi lançado em julho deste ano e, agora, possui novas formas de filtragem das informações.

Com dados obtidos a partir de tabelas publicadas pelo Ministério do Trabalho e EMPREGO (MTE) desde 1995 – quando o governo brasileiro reconheceu a existência de escravidão no país e passou a adotar medidas para erradicação desse crime – o sistema é o único no país a apresentar um levantamento completo das informações públicas sobre flagrantes de escravidão.

Confira os dados e o infográfico clicando aqui

// Vídeos

Tráfico de pessoas é tema do Documentação

Tráfico de pessoas é tema do Documentação

  DOCUMENTAÇÃO : O documentário deste programa fala sobre um dos mais graves problemas que envolve o mundo inteiro: o tráfico de pessoas. Esse tipo de crime organizado transnacional está fortemente relacionado à exploração sexual, ao comércio de órgãos, à adoção ilegal, à pornografia infantil, às formas ilegais de imigração envolvendo exploração do trabalho, contrabando de mercadorias, de armas e tráfico de drogas. Apontada como uma das atividades criminosas mais lucrativas, o tráfico de pessoas chega a movimentar US$ 32 bilhões por ano. São verdadeiras redes que se aproveitam da [...]

// World-news

Angola e EUA abordam cooperação no combate ao tráfico de homens

A informação foi prestada à imprensa, por Luís Cdebaka, à saída de uma audiência com o governante angolano, em que os dois dirigentes falaram sobre como os dois países vão trabalhar no futuro”, no combate a este tipo de crime.

Salientou que a cooperação baseia-se em marcos predefinidos e será incrementada a formação de entidades governamentais e oficiais de justiça e da polícia.

Disse pretender-se com essa cooperação ajudar também as autoridades a identificarem casos de tráfico e escravidão, para de seguida sancionar os prevaricadores.


Webdesigner - Heldson Luiz da Silva
Jornalista - Cindhi Belafonte