Divulgada a programação do Simpósio Internacional para Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

O Simpósio Internacional para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas pretende reunir em Goiânia (GO), dias 14 e 15 de maio de 2012, no auditório da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás, autoridades internacionais e brasileiras envolvidas na prevenção, repressão e atendimento às vítimas do tráfico de pessoas. Por meio da discussão de temas específicos entre os agentes que lidam com este problema, pretende-se sensibilizar a população sobre a gravidade deste crime de dimensão mundial.

A programação do evento pode ser acessada através do link Programação do Evento.

Livro sobre tráfico de pessoas será lançado durante simpósio internacional em Goiânia

Com a intenção de iniciar uma campanha nacional para reduzir a invisibilidade das pessoas traficadas perante a sociedade será lançado o livro Em busca do Éden: Tráfico de pessoas e direitos humanos, experiência brasileira durante o Simpósio Internacional para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. O evento será realizado em Goiânia, dias 14 e 15 de maio, no auditório da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), no Jardim Goiás.

Os autores da obra, Michelle Gueraldi e Joelson Dias, são advogados atuantes na área dos Direitos Humanos, mestres em Direito pela Universidade de Harvard e tiveram atuação em tribunais internacionais. Joelson também é ex-conselheiro do Conselho Federal da OAB para Direitos Humanos e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ambos realizaram um profundo estudo sobre o Tráfico Internacional de Pessoas e a legislação pertinente no Brasil, que resultou neste livro a ser lançado e que foi recentemente incluído em uma audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, a ser realizada em maio.

O simpósio será coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), além de contar com a colaboração do Tribunal Regional do Trabalho em Goiás (TRT-18ª Região), Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), Secretaria Nacional de Justiça/MJ e Secretaria de Estado de Políticas para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial (Semira). Entre os participantes, representantes de órgãos como Organizações das Nações Unidas, Organização Internacional do Trabalho, Secretaria Nacional de Justiça, embaixadas, Polícia Federal e outros. (Texto: Carolina Diniz /estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Goiás