Mais de 500 detidos em operação policial contra o tráfico de pessoas

Mais de 500 suspeitos foram detidos e dezenas de vítimas resgatadas numa operação policial contra o tráfico de pessoas, anunciou na terça-feira o departamento policial de Los Angeles, nos Estados Unidos da América.

Notícias ao Minuto

07:06 – 31/01/18 POR LUSA

MUNDO LOS ANGELES

operação, denominada ‘Recuperar e reconstruir’, com duração de três dias, permitiu resgatar 56 mulheres, 11 das quais menores de idade.

Entre os 510 detidos encontram-se 30 suspeitos de tráfico de pessoas e 178 homens que solicitaram sexo.

“Queremos ajudar as vítimas a reconstruir a sua a vida e punir aqueles que cometem um dos crimes mais hediondos dos tempos modernos”, afirmou numa conferência de imprensa Jim McDonnell, responsável do departamento.

Jim McDonnell descreveu um dos casos em que uma detetive se fez passar por uma adolescente de 16 anos e que foi contactada por um homem de 56 anos para ter relações sexuais. Este acabou detido.

A operação possibilitou, por outro lado, prender suspeitos que usam a imagem das autoridades policiais para cometer crimes sexuais, como o de um homem que vestia um uniforme policial enquanto agredia uma vítima de tráfico sexual.

A promotora do Condado de Los Angeles, Jackie Lacey, que também esteve na conferência de imprensa, assegurou que o seu gabinete está a “trabalhar para assegurar longas condenações pelos crimes de exploração sexual”.

A responsável adiantou que o ano passado o seu gabinete teve pelo menos 200 casos contra pessoas ligadas ao tráfico humano.

Em 2016, uma operação idêntica terminou com 198 detidos e 18 vitimas resgatadas.

O ano passado, as autoridades conseguiram prender 474 suspeitos e libertar 55 vítimas, mais de metade menores de idade.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com/mundo/948023/mais-de-500-detidos-em-operaao-cpolicial-contra-o-trafico-de-pessoas

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *