Entre em contato

segunda-feira, 02 de novembro

Mensagem do Papa para a conferência sobre tráfico de seres humanos

Papa Francisco \ Documentos

Papa Francisco abençoa uma criança numa audiência geral – AFP

O Papa Francisco enviou nesta sexta-feira dia 30 de outubro uma Mensagem aos participantes da Conferência sobre Tráfico de Seres Humanos,a decorrer em Madrid, promovida pelo Grupo Santa Marta. Este grupo é composto por oficiais das forças de Segurança e de Bispos, representantes do mundo inteiro, que atuam com a sociedade civil para erradicar o tráfico de seres humanos, assegurar assistência pastoral às vítimas e buscar estratégias de prevenção e reintegração.

O Grupo Santa Marta foi assim denominado por tomar o nome da residência do Papa Francisco, no Vaticano, onde os membros deste grupo ficaram hospedados, em 2014, por ocasião da II Conferência Internacional do Combate ao Tráfico de Seres Humanos. É um grupo animado pelo Cardeal Vincent Gerard Nichols, arcebispo metropolitano de Westminster, em Londres, e por Bernard Hogan-Howe, chefe da polícia da capital britânica.

Na sua Mensagem escrita em espanhol, enviada aos participantes do Grupo Santa Marta, reunidos no Mosteiro de São Lourenço de Escorial, em Madrid, o Santo Padre expressou sua satisfação por este jovem grupo ter já feito tanto no âmbito da erradicação das novas escravidões. Neste sentido, o Papa recorda uma passagem do seu discurso, pronunciado na sede das Nações Unidas em Nova Iorque: “O mundo espera de todos os governantes uma vontade decisiva, prática, constante de passos concretos e medidas para preservar e melhorar o meio ambiente e derrotar o fenómeno da exclusão social e económica, com as suas tristes consequências”.

Entre tais consequências, o Papa citou “o tráfico de seres humanos, comércio de órgãos e tecidos humanos, exploração sexual de menores, trabalho escravo, além da prostituição, do tráfico de drogas e armas, terrorismo e crime internacional organizado… Devemos zelar para que nossas instituições sejam realmente efetivas na luta contra todos estes flagelos” – escreve o Papa.

Por fim, o Papa Francisco pede a Deus para que os membros do Grupo Santa Marta possam levar por diante esta missão, tão delicada, humanitária e cristã, curando as feridas abertas e doloridas da humanidade, que representam as chagas de Cristo e possam, assim, libertar as vítimas das novas escravidões, reabilitar os prisioneiros e excluídos, desmascarar os traficantes e mercantes, para o bem comum e a promoção da dignidade humana.

(RS/MT)

Fonte:http://pt.radiovaticana.va/news/2015/10/30/mensagem_do_papa_para_a_conferência_sobre_tráfico_de_seres_h/1183352



Webdesigner - Heldson Luiz da Silva
Jornalista - Cindhi Belafonte