Todos contra o tráfico de pessoas 404
Entre em contato
terça-feira 30 de agosto de 2016

// Vídeos

Filme conta como ONG intermediava adoção ilegal de crianças africanas

Produção lembra caso de ativistas presos após tentar levar 103 crianças do Chade para a Europa | Vicent Lindon

O título “Os Cavaleiros Brancos” evoca nobreza e pureza, um ideal medieval de cruzados com a missão de resgatar os desvalidos da barbárie. É, porém, o século 21, e o diretor belga Joachim Lafosse aborda o desafio humanitário sem temer as contradições.

O filme se inspira no escândalo da Arca de Zoé, ONG que prestava ajuda humanitária no Chade aos “órfãos de Darfur”, crianças vítimas da guerra civil no vizinho Sudão. Combinada com atuação local, a organização intermediava a adoção ilegal de órfãos por famílias europeias, com o objetivo de salvá-las do desastre e devolvê-las à “segurança” da “civilização”.

Ao tentar embarcar 103 crianças num voo fretado, os ativistas foram presos. Seis franceses foram julgados e condenados em 2007. No ano seguinte, a pena dos europeus e de um chadiano foi perdoada pelo presidente do Chade. Só um intermediário sudanês continuou preso.

// World-news

Menor obrigada a sexo com 288 pessoas

Menor obrigada a sexo com 288 pessoas

As autoridades do distrito de Montgomery, no estado norte-americano de Maryland, estão à procura de possíveis vítimas de tráfico humano, depois de uma jovem de 14 anos ter sido forçada por um casal a prostituir-se durante dois meses e meio. A menor foi obrigada a ter relações sexuais com pelo menos 288 pessoas.

Atuan Saran Rogers, de 34 anos, e Dierra Victoria Lee, de 19, foram detidos pela polícia e estão acusados de lenocínio, conspiração para tráfico humano, violação e abusos sexuais de uma menor.

De acordo com o relatório das autoridades, o casal abordou a jovem quando esta estava num hotel em Silver Spring com um grupo de amigas. A jovem ficou amiga de Rogers e Lee, que através das redes sociais convenceram a menor a sair de casa. Foi aí que o pesadelo começou.


Webdesigner - Heldson Luiz da Silva
Jornalista - Cindhi Belafonte